Gerador de Nicks

(Se você não deseja ler toda a baboseira, vá direto ao pote de ouro: http://gerador-davidaug.rhcloud.com/geradordenicks/)

Se você está na fissura para jogar, e não tem criativiade para criar um nick? Aí está a oportunidade.

Evidente que tudo é muito non-sense, mais baseado em humor do que seriedade e pode gerar algum nick sem nenhum sentido para humanos(non-sense?), porém foi este gerador que forneceu meu nick na steam(Darth Risovaldo) .

Aí está o link novamente pra você que não leu nada a não ser isso:
http://gerador-davidaug.rhcloud.com/geradordenicks/

Se você quer descobrir a história e a moral, continue lendo:

Dois ou três anos atrás, se me lembro bem, em uma descontraída conversa com meus companheiros de trabalho e universidade, Cedulio e Victor, falávamos sobre projetos inacabados(ou que nunca saíram do papel).

Um deles era o famigerado Gerador de Nicks, um projeto muito inútil pra quem joga. Na ocasião como eu estava sem fazer nada, e afim de aprender JavaServer Faces, resolvi unir o útil ao agradável. Criei toda a lógica no papel e coloquei a mão na massa, em duas horas aprendi a base do JSF(que até hoje é tudo que sei) e implementei o gerador.

Também aproveitei pra manjar como funcionava o OpenShift indicado pelo Cedulio.

A primeira versão era escrota pra caralho mas funcionava, e até hoje 70% da base(de 52 palavras) veio da primeira empreitada.
Esse ano, em Abril, durante minhas férias, resolvi retomar o projeto, encontrei o fonte, baixei a base, criei uma nova aplicação no OpenShift. Mas, acabei deixando de lado.

Essa semana, resolvi retomar novamente, e finalmente saiu uma versão aproveitável. Mas consegui demorar 3 dias pra fazer um sistema de avaliação que eu faria em 30 minutos no máximo.

Mas finalmente saiu, falta alimentar a base para mais opções, mas enfim, talvez hajam contribuições.

E o resumo, um projetinho besta, que poderia ter sido feito em 2 dias, demorou 2 anos pra sair algo apresentável. Mas essa semana aprendi, que por mais que não haja nenhum retorno, a satisfação pessoal de terminar algo é ótima.

Moral da História: Comece um projeto, e só comece outro depois de ter terminado um.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *